19 3846.1408

Prepare sua empresa para a revolução do marketing 4.0

21/11/2018

Papa, guru, especialista, visionário. São muitas as alcunhas atribuídas a Philip Kotler quando o assunto é marketing. O professor estadunidense, PHD em economia pelo MIT e pós-doutorado em matemática por Harvard, é autor de uma verdadeira coleção de livros e artigos que revolucionaram a forma como o mercado é entendido. Sua mais recente obra introduz o conceito de marketing 4.0.

Qualquer profissional de marketing que visa à excelência em seu trabalho pode achar, na obra de Kotler, um legítimo mapa da mina. Desde o lançamento do conceito de marketing 1.0 até o contemporâneo marketing 4.0, o autor buscou analisar e entender as tendências do mercado da época e prever mudanças de comportamento no setor.

Este artigo tem como objetivo trazer à tona o conceito de marketing 4.0 e indicar como as empresas podem se preparar para atuar sob esse cenário e alcançar um resultado positivo. Além disso, vamos traçar um histórico da evolução dessa linha de raciocínio e abordar as três principais mudanças que a era 4.0 traz para as empresas e os consumidores.

O marketing 4.0

De acordo com o próprio Philip Kotler, o marketing 4.0 é o "aprofundamento e ampliação do marketing centrado no ser humano para cobrir cada aspecto da jornada do cliente". Isso significa, principalmente, que a novidade vem para complementar e contemporizar a fase do 3.0, não para substituí-la.

Se antes o objetivo de uma empresa em sua comunicação era gerar um sentimento de credibilidade e referência no cliente, hoje isso é mais complexo. É necessário intensificar a relação com o consumidor, de modo que esse seja visto — e veja sua marca — genuinamente como um amigo. É o prazer de contratar o seu serviço ou comprar o seu produto.

Consumidores que sejam envolvidos nessa estratégia se tornam possíveis defensores da marca, o que tem se mostrado cada vez mais importante para o sucesso do marketing de uma empresa. O boca a boca, método mais antigo de comunicação publicitária, mostra-se mais relevante do que nunca, já que as pessoas cada vez mais tendem a buscar informações em seu próprio círculo social.

O cerne do marketing 4.0 está na inclusão social que vem sendo tendência no mundo. Em escala global, países emergentes se tornam mais relevantes graças à utilização de tecnologias. Da mesma forma, a globalização dá aos cidadãos a possibilidade de viver em ambiente mais diversificado e colaborativo, que se reflete no mundo do marketing digital.

A evolução do marketing em três fases

Lançado originalmente em 1974, o livro "Administração de Marketing" é, hoje, considerado por muitos a Bíblia do marketing. É nesse trabalho que Kotler começa a definir suas ideias e observar as mudanças que a comunicação publicitária viria a enfrentar. Hoje, o autor divide a evolução do marketing em três fases, que serão listadas a seguir. Confira!

Marketing 1.0

O marketing nasceu com a revolução industrial. Esse período é marcado pela produção em massa e padronização extrema dos produtos. Na época, o mercado consumidor ainda engatinhava e qualquer forma de concorrência era rara.

Nesse ambiente de monopólios, bastava um produto existir para que fosse vendido. Não existiam outras opções. É pertinente a frase atribuída a Henry Ford: "Um cliente pode ter o carro da cor que quiser, desde que essa cor seja preta".

Sem necessidade — ou possibilidade — de tomar decisões diferentes, os consumidores aceitavam o que lhes era oferecido. A indústria focava na mercadoria, não se preocupando com o cliente. Esse tipo de marketing perdeu força com o surgimento da concorrência e o início da Era da Informação. A partir daí, o foco não podia ser mais apenas o produto.

Marketing 2.0

Com uma concorrência atuante e maior facilidade ao acesso à informação por parte de consumidores, os empresários se viram obrigados a mudar o paradigma. Se antes o foco total e absoluto era o produto, agora passa a ser o cliente.

Foi nessa época que nasceu o conceito dos 4 Ps — preço, praça, produto e promoção — que se tornaram os pilares das estratégias de marketing.

Com as mudanças frequentes na sociedade, o comportamento do consumidor passou a ter papel mais importante nas decisões das empresas, que buscavam alternativas para combater a crescente competição. Assim nasceu o marketing 3.0.

Marketing 3.0

Esse conceito de marketing é completamente baseado em valores. Clientes deixam de ser apenas compradores e são vistos pelas empresas como seres humanos completos, com espírito, propósito e objetivos.

As empresas passaram a buscar relações mais humanas, que fossem alinhadas com os valores dos consumidores. Um grande exemplo disso é o surgimento de diversas marcas com projetos sociais e produtos sustentáveis.

A fase em que vivemos atualmente, o marketing 4.0, é uma junção de todas as fases anteriores. O diferencial é que não só vemos os clientes como pessoas completas, mas buscamos criar relações de longo prazo e, de certa forma, íntimas com essas pessoas.

A preparação para as mudanças

Obter sucesso no meio empresarial requer uma constante adaptação a mudanças. Essas variantes trazidas pelo marketing 4.0 são reflexo do que mudou na própria sociedade. Como exemplo, há a inclusão de mercados emergentes no consumo. O mundo altamente tecnológico em que vivemos permite a redução dos custos de produção e, com isso, possibilita o atendimento a novos mercados.

Outra grande diferença é o movimento de horizontalização no relacionamento marca-cliente. Antes, consumidores eram facilmente influenciados por campanhas de marketing. Hoje, tendem a acreditar mais no conselho de amigos e influenciadores do que em propaganda publicitária tradicional.

No marketing 4.0, não basta produzir com qualidade ou segmentar bem o seu público. É preciso que seu negócio obtenha um certo grau de reconhecimento social. Vamos passar algumas dicas para que sua empresa seja preparada para as mudanças apresentadas.

Humanize sua marca

Já não é de hoje que o cliente é tratado como a força mais poderosa do mercado. Ainda assim, muitos profissionais de marketing acabam esquecendo do lado humano. Criar um relacionamento com um cliente não é apenas lançar um canal de diálogo. É preciso ter em conta que essa comunicação não estará em seu total controle.

Por diversos motivos, que incluem a desconfiança sobre empresas, as pessoas se sentem vulneráveis a ações de marketing e criam comunidades para falar entre si e fortalecer suas posições antes de tomar qualquer decisão.

Profissionais de marketing que estejam atentos ao comportamento de seus clientes devem fazer com que suas marcas ajam como pessoas — acessíveis, amigáveis, mas vulneráveis. Sua empresa não é perfeita, e admitir isso é o primeiro passo para ser menos intimidador na visão das pessoas. Com autenticidade e autocrítica, a marca pode se tornar parte do estilo de vida de alguém.

Invista em marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é uma abordagem estratégica que visa à produção de conteúdo de alta qualidade e relevância para a atração, e eventual conversão, de potenciais clientes. Os canais de comunicação utilizados podem ser redes sociais, blogs, entre outros.

Os profissionais da área encontram crescente dificuldade em alcançar o público desejado, devido à sua descrença na publicidade tradicional. A transparência e a conectividade possibilitadas pela internet tornam o marketing de conteúdo uma excelente maneira de atrair, converter e encantar os seus clientes.

Referindo-se a essa estratégia, Philip Kotler chega a escrever que a hashtag substituiu o slogan. Ele se refere ao uso de palavras-chave e ferramentas digitais, que permitem a otimização do marketing do seu negócio e potencializam a captação e retenção de clientes.

Em seu livro, Kotler brinca que a palavra "marketing" deveria ser escrita como "market-ing". Em tradução livre, o termo significa" mercado em movimento". A compreensão dessa natureza mutável do mercado e o entendimento dos conceitos de marketing 4.0 são pré-requisitos para um profissional de marketing de sucesso.

A comunicação social, assim como a sociedade, está em constante e interminável processo de mudança. Ficar atento a essas novidades é imprescindível para qualquer negócio de sucesso. Por isso, certifique-se de que sua estratégia leva em consideração as tendências e características do atual cenário, sumarizadas no conceito de marketing 4.0.

Quer saber mais sobre as mudanças que o acesso à informação proporcionado pela internet trouxe para o marketing? Dê uma olhada neste artigo!

Gostou desse texto?
Compartilhe na rede
Gostou do que viu?
Fale conosco
Redes
Sociais
dê uma espiada!