Aprenda como criar uma persona e faça uma estratégia de resultados

Tempo de leitura: 5min 23seg
Aprenda como criar uma persona e faça uma estratégia de resultados

Você sabe como criar uma persona? O investimento em marketing digital é cada vez mais necessário para a sobrevivência e a prosperidade das empresas. Afinal, é justo assumir que grande parte do público-alvo de um empreendimento está presente na internet, pronto para se engajar com os conteúdos a ele oferecidos.

É o que busca o Inbound Marketing — atrair visitantes ao site ou a redes da empresa e convertê-los em clientes. Para tal, é crucial disponibilizar um conteúdo de qualidade, com o potencial de conduzir a pessoa pelo funil de vendas, ou seja, desde o primeiro contato até o momento da compra.

Para guiar essa estratégia, a criação de uma persona é fundamental. Neste texto, vamos ensinar o que é e como criar uma persona. Abordaremos, ainda, sua importância e como ela se difere do conceito de público-alvo. Confira!

O que é a persona?

A persona nada mais é do que a idealização do seu cliente perfeito. Trata-se de um perfil semi-ficcional, que reúne tanto dados demográficos (sexo, idade, local de moradia, renda etc.) quanto informações mais particulares, como hobbies, motivações, problemas, desafios e objetivos.

Sendo assim, como o nome sugere, a persona é uma personagem criada com a função de auxiliar sua empresa a compreender melhor seu público e o que ele demanda. A fim de aumentar sua pessoalidade, é comum que as empresas deem um nome e uma história de fundo para suas personas. A ideia é imaginá-la como um cliente real. É importantíssimo definir a persona se você tem uma empresa B2B. Evite cometer os erros mais comuns ao criar um site B2B.

Nesse ponto, você pode estar um pouco confuso em diferenciar persona de público-alvo. Não se preocupe, são, de fato, conceitos parecidos, mas tanto seus processos de criação quanto suas aplicações práticas são diferentes.

Então, qual a diferença para o público-alvo?

Essa é uma dúvida muito comum entre aqueles que não estão completamente familiarizados com o marketing digital. Porém, assim como é comum, é fácil de ser resolvida. Basta pensar na persona como uma abordagem muito mais específica.

Por exemplo, pense no público-alvo de sua empresa. Provavelmente, são levadas em consideração determinadas informações, como a renda média do consumidor e seu grau de escolaridade. Além disso, geralmente é estabelecida uma determinada faixa etária e, possivelmente, uma área geográfica específica.

A persona pode — e até deve — contar com todas essas informações. Seu diferencial, porém, é que ela vai além. Em vez de ser uma representação genérica de uma determinada população, ela busca ser o mais próximo de uma pessoa real.

Por isso, ela tem uma idade definida, e não uma faixa etária. Ela tem um local específico de moradia, uma renda precisa e, o mais importante, conta com dores e desejos reais.

Qual sua importância para uma estratégia de marketing?

Quando criamos uma campanha de marketing digital, o objetivo é ser o mais certeiro possível. Queremos utilizar ao máximo os recursos investidos para causar algum impacto na audiência, concorda?

Pois bem, com a utilização da persona, esse objetivo fica mais fácil de ser atingido. Quando olhamos para o perfil que simula um indivíduo real, podemos entender suas dores e motivações. Essas informações podem ser exploradas para a produção de um conteúdo com o potencial de engajar o consumidor.

Na era digital, na qual a concorrência está a um clique de distância, esse poder de engajamento é fundamental. Ao produzir um material de qualidade e pertinente à persona, as chances de converter o visitante em um cliente fiel são reais.

Portanto, a persona é peça fundamental para o sucesso da sua estratégia de marketing digital. Ela serve como base para a definição do tipo de abordagem, da mensagem a ser passada e até do canal a ser utilizado. Resumindo, facilita imensamente a segmentação do seu público.

Como criar uma persona?

É fundamental compreender que o processo de uma estruturação de uma persona deve ser baseado em informações reais, nunca em suposições. Portanto, o jeito mais simples é realizando uma verdadeira pesquisa envolvendo seus clientes antigos e atuais, além da sua base de leads.

Simule o quanto você deve investir mensalmente no Google Ads

Simule o quanto você deve investir mensalmente no Google Ads

Assim, o primeiro passo é definir o tipo de pesquisa a ser realizado. Uma entrevista? Um questionário? A escolha vai depender da capacidade da sua equipe e dos recursos que você tem disponíveis. A entrevista, por exemplo, além de levar mais tempo, exige que o entrevistador saiba conduzir a conversa para atingir seu objetivo.

As informações coletadas variam de empresa para empresa, mas alguns tópicos podem ser abordados em qualquer caso. Vamos listar alguns deles a seguir:

- sexo;

- idade;

- cargo;

- rotina no trabalho;

- segmento e tamanho da empresa;

- responsabilidades e objetivos;

- desafios pessoais e profissionais;

redes sociais preferidas;

- background;

- hábitos de compra.

Com as informações levantadas, é hora de analisar os dados e identificar as ocorrências mais recorrentes. Por exemplo: quais são os maiores desafios? E os objetivos mais citados? A ideia é identificar as características em comum que possam indicar que essas pessoas tenham a mesma demanda por conteúdo.

Depois, defina as características de suas personas. Não existe um limite ou número mínimo de perfis, mas é importante ter em mente que sua estratégia deve ser trabalhada de forma completa com todas elas. Além disso, é preciso definir quais são as mais relevantes para o empreendimento como um todo.

Entender a importância da persona é o primeiro passo em direção a uma estratégia de marketing digital de sucesso. Com ela, fica muito mais fácil definir o tipo de conteúdo a ser produzido e os canais em que ele deve ser disponibilizado. Assim, é possível potencializar o impacto causado na audiência e, consequentemente, maximizar a taxa de conversão.

Como criar uma persona não é um processo exatamente simples, comece o quanto antes a buscar informações para estruturá-la. Lembre-se de ouvir tanto os clientes satisfeitos como os insatisfeitos. Ambos têm um papel muito importante na definição do perfil de consumidor com o qual você gostaria de lidar todos os dias.

E aí, ficou clara a importância de uma persona para sua estratégia de marketing digital? Está pronto para pôr a mão na massa e criar a sua? Aproveite que está por aqui e dê uma olhada no nosso post que ensina como convencer sua diretoria a aumentar o orçamento de marketing!

Fique por dentro das novidades!
Inscreva-se e receba conteúdo sobre Marketing Digital e Vendas.
Sua empresa não está conseguindo captar clientes?
Contratar uma agência de inbound marketing permite criar e implementar estratégias eficazes para atrair e engajar potenciais clientes, aumentando a visibilidade e autoridade da marca, resultando em mais leads e vendas.

Outras notícias que
você pode se interessar