19 3846.1408

Aprenda como criar uma persona e faça uma estratégia de resultados

Você sabe como criar uma persona? O investimento em marketing digital é cada vez mais necessário para a sobrevivência e a prosperidade das empresas. Afinal, é justo assumir que grande parte do público-alvo de um empreendimento está presente na internet, pronto para se engajar com os conteúdos a ele oferecidos.

É o que busca o Inbound Marketing — atrair visitantes ao site ou a redes da empresa e convertê-los em clientes. Para tal, é crucial disponibilizar um conteúdo de qualidade, com o potencial de conduzir a pessoa pelo funil de vendas, ou seja, desde o primeiro contato até o momento da compra.

Para guiar essa estratégia, a criação de uma persona é fundamental. Neste texto, vamos ensinar o que é e como criar uma persona. Abordaremos, ainda, sua importância e como ela se difere do conceito de público-alvo. Confira!

O que é a persona?

A persona nada mais é do que a idealização do seu cliente perfeito. Trata-se de um perfil semi-ficcional, que reúne tanto dados demográficos (sexo, idade, local de moradia, renda etc.) quanto informações mais particulares, como hobbies, motivações, problemas, desafios e objetivos.

Sendo assim, como o nome sugere, a persona é uma personagem criada com a função de auxiliar sua empresa a compreender melhor seu público e o que ele demanda. A fim de aumentar sua pessoalidade, é comum que as empresas deem um nome e uma história de fundo para suas personas. A ideia é imaginá-la como um cliente real.

Nesse ponto, você pode estar um pouco confuso em diferenciar persona de público-alvo. Não se preocupe, são, de fato, conceitos parecidos, mas tanto seus processos de criação quanto suas aplicações práticas são diferentes.

Então, qual a diferença para o público-alvo?

Essa é uma dúvida muito comum entre aqueles que não estão completamente familiarizados com o marketing digital. Porém, assim como é comum, é fácil de ser resolvida. Basta pensar na persona como uma abordagem muito mais específica.

Por exemplo, pense no público-alvo de sua empresa. Provavelmente, são levadas em consideração determinadas informações, como a renda média do consumidor e seu grau de escolaridade. Além disso, geralmente é estabelecida uma determinada faixa etária e, possivelmente, uma área geográfica específica.

A persona pode — e até deve — contar com todas essas informações. Seu diferencial, porém, é que ela vai além. Em vez de ser uma representação genérica de uma determinada população, ela busca ser o mais próximo de uma pessoa real.

Por isso, ela tem uma idade definida, e não uma faixa etária. Ela tem um local específico de moradia, uma renda precisa e, o mais importante, conta com dores e desejos reais.

Qual sua importância para uma estratégia de marketing?

Quando criamos uma campanha de marketing digital, o objetivo é ser o mais certeiro possível. Queremos utilizar ao máximo os recursos investidos para causar algum impacto na audiência, concorda?

Pois bem, com a utilização da persona, esse objetivo fica mais fácil de ser atingido. Quando olhamos para o perfil que simula um indivíduo real, podemos entender suas dores e motivações. Essas informações podem ser exploradas para a produção de um conteúdo com o potencial de engajar o consumidor.

Na era digital, na qual a concorrência está a um clique de distância, esse poder de engajamento é fundamental. Ao produzir um material de qualidade e pertinente à persona, as chances de converter o visitante em um cliente fiel são reais.

Portanto, a persona é peça fundamental para o sucesso da sua estratégia de marketing digital. Ela serve como base para a definição do tipo de abordagem, da mensagem a ser passada e até do canal a ser utilizado. Resumindo, facilita imensamente a segmentação do seu público.

Como criar uma persona?

É fundamental compreender que o processo de uma estruturação de uma persona deve ser baseado em informações reais, nunca em suposições. Portanto, o jeito mais simples é realizando uma verdadeira pesquisa envolvendo seus clientes antigos e atuais, além da sua base de leads.

Assim, o primeiro passo é definir o tipo de pesquisa a ser realizado. Uma entrevista? Um questionário? A escolha vai depender da capacidade da sua equipe e dos recursos que você tem disponíveis. A entrevista, por exemplo, além de levar mais tempo, exige que o entrevistador saiba conduzir a conversa para atingir seu objetivo.

As informações coletadas variam de empresa para empresa, mas alguns tópicos podem ser abordados em qualquer caso. Vamos listar alguns deles a seguir:

- sexo;

- idade;

- cargo;

- rotina no trabalho;

- segmento e tamanho da empresa;

- responsabilidades e objetivos;

- desafios pessoais e profissionais;

redes sociais preferidas;

- background;

- hábitos de compra.

Com as informações levantadas, é hora de analisar os dados e identificar as ocorrências mais recorrentes. Por exemplo: quais são os maiores desafios? E os objetivos mais citados? A ideia é identificar as características em comum que possam indicar que essas pessoas tenham a mesma demanda por conteúdo.

Depois, defina as características de suas personas. Não existe um limite ou número mínimo de perfis, mas é importante ter em mente que sua estratégia deve ser trabalhada de forma completa com todas elas. Além disso, é preciso definir quais são as mais relevantes para o empreendimento como um todo.

Entender a importância da persona é o primeiro passo em direção a uma estratégia de marketing digital de sucesso. Com ela, fica muito mais fácil definir o tipo de conteúdo a ser produzido e os canais em que ele deve ser disponibilizado. Assim, é possível potencializar o impacto causado na audiência e, consequentemente, maximizar a taxa de conversão.

Como criar uma persona não é um processo exatamente simples, comece o quanto antes a buscar informações para estruturá-la. Lembre-se de ouvir tanto os clientes satisfeitos como os insatisfeitos. Ambos têm um papel muito importante na definição do perfil de consumidor com o qual você gostaria de lidar todos os dias.

E aí, ficou clara a importância de uma persona para sua estratégia de marketing digital? Está pronto para pôr a mão na massa e criar a sua? Aproveite que está por aqui e dê uma olhada no nosso post que ensina como convencer sua diretoria a aumentar o orçamento de marketing!

Gostou desse texto?
Compartilhe na rede
Gostou do que viu?
Fale conosco
Redes
Sociais
dê uma espiada!