Como fazer análise de concorrência no marketing digital

Tempo de leitura: 10min 51seg
Como fazer análise de concorrência no marketing digital

Em média, 50% das empresas fecham as portas nos primeiros cinco anos de operação. Uma das principais razões para esse alto índice de mortalidade empresarial está na falta de compreensão do mercado e da concorrência. A análise de concorrência desempenha um papel vital nesse contexto. Ela fornece ideias que podem orientar as estratégias de negócios.

Introdução

Como a análise de concorrência pode impulsionar seu marketing digital

Suponhamos que você atue no mercado de roupas esportivas. Ao analisar a concorrência, você pode descobrir que uma marca rival está obtendo sucesso com vídeos tutoriais sobre treinamento físico no YouTube. Essa descoberta não apenas revela uma lacuna em sua estratégia, mas também sugere uma nova ideia: criar vídeos semelhantes para promover seus produtos.

Por que você não pode mais ignorar a concorrência no ambiente digital?

A transformação digital mudou o jogo nos negócios. Hoje, a concorrência não é limitada ao seu bairro, cidade ou país, mas global. A análise de concorrência não é mais uma opção, é uma necessidade. Se você deseja se destacar, é fundamental entender o que seus concorrentes estão fazendo, aprender com eles e adaptar suas estratégias para obter uma vantagem competitiva. Ignorar a concorrência é um risco que nenhum negócio pode correr.

 

Identificação e segmentação de concorrentes

A primeira etapa da análise de concorrência é identificar quem são seus principais concorrentes.

Concorrentes diretos: Esses são concorrentes que oferecem produtos ou serviços semelhantes aos seus e têm como alvo o mesmo público-alvo. Por exemplo, se você administra uma loja online que vende roupas esportivas, outras lojas de roupas esportivas são seus concorrentes diretos.

Concorrentes indiretos: Eles podem não oferecer os mesmos produtos ou serviços que você, mas competem pelo mesmo público-alvo ou resolvem os mesmos problemas. Se você vende roupas esportivas, fabricantes de equipamentos esportivos ou aplicativos de fitness podem ser concorrentes indiretos.

É importante usar ferramentas de análise de mercado para identificar seus concorrentes diretos e indiretos, como SEMrush, SimilarWeb e Ahrefs. Além disso, não subestime os concorrentes indiretos; eles podem influenciar a jornada do cliente e roubar oportunidades de negócios.

Análise de concorrência - concorrentes diretos e indiretos

Segmentação de concorrentes com base em nichos de mercado:

Uma vez que você identificou seus concorrentes diretos e indiretos, a próxima etapa é segmentá-los com base em nichos. Essa etapa é importante porque diferentes segmentos de concorrência podem exigir estratégias distintas. Por exemplo, se você vende roupas esportivas, seus concorrentes podem ser segmentados em nichos como "moda de corrida" e "roupas para academia."

Dicas:

- Utilize dados demográficos, geográficos e comportamentais para segmentar seus concorrentes.

- Analise as tendências de mercado para identificar nichos emergentes que possam ser explorados.

Por que usar ferramentas e recursos para identificar concorrentes?

O uso de ferramentas e recursos especializados permitem economizar tempo e fornecer dados detalhados. Por exemplo, a SEMrush permite rastrear o desempenho de palavras-chave de concorrentes, revelando quais termos geram mais tráfego para eles.

Dicas:

Alcance mais leads e clientes com a automação de marketing

Alcance mais leads e clientes com a automação de marketing

- Assine ferramentas de análise de concorrência confiáveis para obter dados precisos.

- Acompanhe as métricas de desempenho, como classificação de palavras-chave, tráfego orgânico e backlinks, para entender a estratégia de seus concorrentes.

Exemplo prático:

Vamos considerar o exemplo de uma agência de marketing digital que deseja identificar concorrentes para um cliente que vende produtos gourmet online. Usando a SEMrush, eles descobrem os concorrentes diretos “A” e “B”. Além disso, identificam concorrentes indiretos, como sendo “X” e “Y”, que também atraem o mesmo público.

Agora, a agência segmenta os concorrentes com base em nichos de mercado. “A” se destaca no nicho de "alimentos orgânicos gourmet", enquanto "B" é especializado em "sobremesas gourmet." Por outro lado, "X" atrai os amantes de vinhos gourmet e "Y" atende aos entusiastas da culinária.

Essas informações permitem que a agência adapte suas estratégias de marketing digital com base na concorrência, focando em nichos específicos e identificando oportunidades de crescimento.

 

Análise de presença online

Avaliação nas redes sociais

Para começar, é fundamental analisar a presença dos seus concorrentes nas redes sociais. Observe os canais que eles utilizam, como Facebook, Instagram, LinkedIn, Tiktok e outros. Avalie o número de seguidores, curtidas, compartilhamentos e comentários. Considere também a qualidade do conteúdo, a consistência da marca e a voz da empresa. Utilize ferramentas de análise de redes sociais, como o Socialbakers ou o Sprout Social, para obter dados aprofundados.

Sprout Social

Dica: Analise a estratégia de conteúdo dos seus concorrentes, identificando os tipos de postagens que geram mais engajamento. Não se limite apenas à quantidade de seguidores. A qualidade do relacionamento com o público é fundamental.

Análise do conteúdo, frequência de postagem e engajamento

Observe a variedade de conteúdo, como posts, imagens, vídeos e histórias. Verifique a regularidade das postagens e a consistência do estilo. Utilize métricas como taxa de engajamento (curtidas, comentários, compartilhamentos) para entender quais tipos de conteúdo ressoam mais com o público.

Por exemplo, você pode identificar que terá mais engajamento ao adotar uma estratégia de stories no Instagram, enquanto o concorrente falha em aproveitar esse formato.

Análise da concorrência nas redes sociais

Monitoramento da presença nos mecanismos de busca e SEO

Além das redes sociais, é importante fazer o monitoramento nos mecanismos de busca. Utilize ferramentas como SEMrush para rastrear as classificações de palavras-chave dos concorrentes. Avalie as páginas de destino, a otimização on-page e as estratégias de link building deles.

Por exemplo, ao analisar os concorrentes, você pode identificar que eles estão perdendo oportunidades ao não otimizar suas páginas de produto para palavras-chave de alta conversão.

Dica: Monitore regularmente as mudanças nas classificações de palavras-chave dos concorrentes e ajuste sua estratégia de SEO de acordo.

Analisando as campanhas de concorrentes no Google Ads

Comece identificando as palavras-chave pelas quais eles estão competindo. Ferramentas como o Google Keyword Planner podem ser úteis nesse processo. Acompanhe os anúncios que eles veiculam, observando os textos, as extensões e os links de destino.

Por exemplo, ao analisar os concorrentes, você pode perceber que um concorrente direto está lançando campanhas sazonais bem-sucedidas para atrair um público específico.

Dica: Identifique as palavras-chave de alto desempenho dos concorrentes e considere incluí-las em sua própria estratégia do Google Ads.

Análise de concorrência Google e SEO

Análise das táticas, orçamento e canais de publicidade utilizados

Avalie as estratégias de lance, a segmentação de público-alvo e o uso de extensões de anúncio. Além disso, não se esqueça de analisar o orçamento que os concorrentes alocam para suas campanhas com base na observação, e como eles mantêm consistentemente campanhas ativas e com que frequência lançam novos anúncios. Isso fornecerá ideias sobre quais canais de publicidade estão obtendo resultados positivos para eles.

Por exemplo, uma empresa descobriu que um concorrente estava obtendo um alto ROI direcionando anúncios para dispositivos móveis, e isso os incentivou a ajustar sua estratégia para incluir esse público.

Dica: Observe as extensões de anúncio usadas pelos concorrentes para melhorar a visibilidade e a relevância dos seus próprios anúncios.

Como otimizar suas próprias campanhas com base nas descobertas

Depois de analisar as campanhas dos concorrentes, é hora de otimizar as suas próprias. Use as descobertas para identificar lacunas e oportunidades. Ajuste suas palavras-chave, textos de anúncio e estratégias de lance com base no que funcionou bem para os concorrentes. Considere a alocação de orçamento em canais que provaram ser eficazes para eles.

Sugestão: Como fazer análise de dados em marketing digital

 

Análise de público-alvo

Entender a audiência do concorrente vai muito além de contar curtidas e compartilhamentos. Trata-se de compreender profundamente como o público interage com o conteúdo, e como seus concorrentes estão se saindo nesse aspecto. 

Análise de público alvo e análise de concorrência

O Google Analytics e ferramentas de análise de audiência, como o Audience Insights do Facebook, são úteis para essa análise. Eis como proceder:

Utilize a segmentação demográfica: Identifique as características demográficas dos segmentos de audiência mais envolvidos, como idade, gênero, localização e interesses.

Analise o comportamento do usuário: Veja quais páginas ou posts têm uma taxa de engajamento mais alta e examine o que eles têm em comum. Isso pode ajudar a direcionar sua estratégia de conteúdo.

Considere fontes de tráfego: Descubra de onde vêm os segmentos de audiência mais envolvidos. Pode ser de mecanismos de busca, redes sociais específicas ou sites parceiros.

Estratégias para aumentar o engajamento e construir uma audiência leal

Agora que você analisou o engajamento dos concorrentes e identificou os segmentos de audiência mais envolvidos, é hora de traçar estratégias avançadas para elevar seu próprio engajamento. Aqui estão algumas abordagens:

Conteúdo de valor: Produza conteúdo que atenda às necessidades e interesses do seu público. Por exemplo, se você é uma empresa de tecnologia, ofereça guias práticos, análises aprofundadas e dicas úteis.

Personalização: Utilize dados demográficos e comportamentais para personalizar a experiência do usuário. Recomende conteúdo relevante e crie campanhas direcionadas.

Autenticidade: Seja autêntico e humano em suas interações. Responda a comentários, mensagens e feedback de maneira genuína.

Teste e otimize: Realize testes A/B em anúncios, páginas de destino e conteúdo para descobrir o que ressoa mais com sua audiência.

Colaborações e parcerias: Colabore com influenciadores ou outras empresas do seu nicho para ampliar seu alcance e atrair uma audiência relevante.

Para ilustrar essas estratégias, consideremos o caso de uma empresa, que atua no mercado de viagens. Eles notaram que seus concorrentes diretos tinham uma taxa de engajamento consideravelmente maior nas redes sociais. Após uma análise aprofundada, descobriram que os segmentos de audiência mais envolvidos eram os amantes de aventura e os viajantes frequentes. Com base nisso, a empresa ajustou sua estratégia de conteúdo, criando guias de viagens radicais e conteúdo voltado para aventuras. Isso resultou em um aumento significativo no engajamento e na fidelização do público.

Sugestão: Vale a pena investir em Inbound Marketing?

 

Benchmarking e ação estratégica

A análise de concorrência não deve ser vista apenas como uma tarefa de rotina, mas como uma ferramenta estratégica. É necessário usar dados para informar suas estratégias, desenvolver planos de ação e ajustar continuamente suas táticas. Fazendo isso, você pode conquistar uma vantagem competitiva duradoura.

Benchmarking na análise de concorrência

Usando dados para estratégias

Analisar a jornada do cliente - Ao observar como seus concorrentes interagem com os clientes em diferentes estágios da jornada, você pode identificar lacunas na sua própria estratégia. Por exemplo, se um concorrente está gerando mais leads em uma fase específica, isso pode indicar a necessidade de ajustar sua estratégia nesse estágio.

Avaliar canais de marketing - Examine quais canais de marketing seus concorrentes estão utilizando com sucesso. Se um concorrente está obtendo resultados com anúncios no Facebook, considere alocação de recursos nesse canal.

Não copie cegamente - Embora seja essencial aprender com a concorrência, não caia na armadilha de simplesmente copiar o que eles fazem. Cada empresa é única, e suas estratégias devem ser personalizadas de acordo com seus objetivos e público.

Desenvolvendo um plano de ação

Estabeleça metas - Com base em suas descobertas, defina metas específicas e mensuráveis. Por exemplo, se sua análise revelar que seus concorrentes estão superando você em termos de alcance nas redes sociais, sua meta pode ser aumentar seu investimento em mídias sociais em 20% nos próximos três meses.

Priorize ações - Nem todas as descobertas da análise de concorrência exigirão ação imediata. Priorize as áreas em que as melhorias terão o maior impacto e concentre seus esforços lá.

Não deixe de executar - Uma vez que você tenha um plano de ação, não o coloque na prateleira. A análise de concorrência deve ser um processo contínuo, e seu plano deve ser ajustado à medida que a concorrência evolui.

Ajustando continuamente suas táticas

Acompanhe o progresso regularmente - Estabeleça métricas-chave e monitore o progresso em direção às metas. Se sua análise indicou que você precisa melhorar a qualidade do conteúdo, avalie regularmente o engajamento do público para medir o impacto de suas ações.

Seja ágil - À medida que a concorrência muda, seja rápido em ajustar suas táticas. Se um concorrente lança uma nova campanha publicitária, adapte sua própria estratégia de publicidade para competir.

Mesmo se você alcançar suas metas iniciais, não fique complacente. O marketing digital é dinâmico, e a concorrência está sempre evoluindo. Continue a monitorar e ajustar suas táticas.

Sugestão: Qual o tempo de resposta ideal para não perder uma venda

Exemplos práticos e estatísticas reais

Vamos ilustrar esses princípios com um exemplo prático. Suponha que, após uma análise de concorrência, você tenha identificado que seus concorrentes diretos estão superando você em termos de engajamento nas redes sociais. Seu plano de ação pode incluir o aumento da frequência de postagem e a criação de conteúdo mais relevante para seu público. Após três meses de implementação, você verifica que o engajamento aumentou em 30%. Isso demonstra a eficácia de um plano estratégico bem elaborado e a capacidade de superar a concorrência.

Essa abordagem não é apenas teórica. De acordo com um estudo da HubSpot, empresas que ajustam continuamente suas estratégias de marketing com base na análise de concorrência são 2,7 vezes mais propensas a superar suas metas de crescimento anual do que aquelas que não o fazem.

 

Conclusão e próximos passos

Ao longo deste artigo, aprofundamos-nos em estratégias, ferramentas e práticas que os profissionais experientes do setor podem aproveitar para obter uma vantagem competitiva. 

Fique de olho nas tendências. O marketing digital é uma área em constante evolução. Esteja atento às tendências e ajuste suas estratégias com base nelas. 

Adapte-se e inove: Use os dados da análise de concorrência para inovar e superar seus concorrentes. Não tenha medo de experimentar novas estratégias e abordagens, especialmente aquelas que você observou serem eficazes em seus rivais.

Realizar uma análise de concorrência detalhada e contínua é desafiador. Por isso, convidamos você a agendar uma conversa conosco. Nossa equipe tem mais de 14 anos de experiência em Marketing Digital, ajudando empresas a alcançar melhores resultados em vendas.

Fique por dentro das novidades!
Inscreva-se e receba conteúdo sobre Marketing Digital e Vendas.

Perguntas frequentes

Quais ferramentas posso usar para simplificar o processo de análise de concorrência?

Existem várias ferramentas úteis, como SEMrush, Ahrefs e SimilarWeb, que podem ajudar a coletar dados e simplificar a análise de concorrência.

Qual é a melhor maneira de avaliar as campanhas de publicidade dos meus concorrentes?

Monitore os anúncios dos concorrentes nas redes sociais, no Google Ads e outras plataformas. Avalie suas táticas, orçamentos e desempenho para melhorar suas próprias campanhas.

Como faço para pesquisar palavras-chave usadas pelos meus concorrentes?

Utilize ferramentas de pesquisa de palavras-chave, como o Google Keyword Planner, para identificar as palavras-chave que seus concorrentes estão segmentando em seus conteúdos e anúncios.

Como devo analisar as estratégias de conteúdo dos meus concorrentes?

Analise o tipo de conteúdo que seus concorrentes produzem, a frequência de postagem e o engajamento do público. Isso ajudará a determinar o que funciona melhor em seu setor.

Como faço para identificar meus concorrentes no marketing digital?

A primeira etapa é pesquisar palavras-chave relevantes para seu nicho e setor. Isso ajudará a identificar quem está competindo pelos mesmos clientes.

A comunicação entre as equipes de marketing e vendas da sua empresa é confusa?
Contratar uma agência de marketing digital ajuda a empresa a esclarecer objetivos, melhorar processos de vendas, qualificar leads e acompanhar resultados para aumentar as vendas.

Outras notícias que
você pode se interessar