19 3846.1408

Marketing nas mídias sociais usando memes? 5 cuidados a tomar

31/10/2018

O marketing nas mídias sociais vem cada vez mais sendo explorado pelas empresas. Pelas redes é possível gerar um bom engajamento do público, estreitar o relacionamento, acompanhar o mercado e, é claro, criar oportunidades para aumentar as vendas!

Para alcançar esses resultados é necessário ficar atento às principais tendências e novidades. Apesar de não ser algo novo, os memes são muito queridos entre as marcas justamente porque conseguem gerar uma alta taxa de interação. No entanto, é preciso ter cuidado com o uso deles.

Listamos neste artigo as principais dicas para que você explore bem os memes sem correr riscos. Acompanhe!

O que são os memes e como surgiram?

Você já parou para pensar no grande poder que a internet é capaz de gerar? Uma simples notícia divulgada agora pode correr o mundo em pouquíssimo tempo. Assim acontece com os memes.

Esse termo começou a ser falado bem antes da internet, ainda na década de 1970, por Richard Dawkins. Esse cientista escreveu o livro "O Gene Egoísta", apresentando os memes com associação aos genes. A explicação é que, assim como os genes passam de uma pessoa para outra, de geração para geração, os memes também se espalham e se multiplicam.

No entanto, foi por meio da web que os elementos realmente ganharam poder de propagação. Hoje, muitas marcas exploram os memes — tais como Netflix, KitKat, OLX, Oreo e outras tantas.

Por que eles são usados?

Não há regras para criar um meme de sucesso. Eles podem ser fotos, vídeos, gifs, desenhos ou textos, com ou sem algum sentido.

O filme Pulp Fiction, com John Travolta, foi lançado em 1994 e foi um sucesso, ganhando vários prêmios internacionais — entre eles o Oscar de Melhor Roteiro Original. Anos depois, a cena de Travolta confuso, olhando de um lado para o outro, é um dos memes mais conhecidos e compartilhados. Ele já foi, inclusive, usado pela Netflix em estratégias de marketing nas mídias sociais.

Por que usar os memes nas estratégias? Simples: eles geram empatia! Os memes conseguem gerar um momento descontraído e divertido, que aproxima as pessoas das marcas.

Como usar os memes na estratégia de marketing nas mídias sociais?

Analisando o que já falamos, você já deve estar querendo começar a usar os memes nas suas estratégias de mídias sociais, certo? Tenha calma! Vamos listar os principais cuidados que você deve ter para não cometer erros!

1. Certifique-se de que o seu público está aberto a esse tipo de comunicação

Geralmente os memes são figuras divertidas, que geram descontração no público, mas será que os seus potenciais clientes estão abertos a isso? Será que esses elementos cabem na linguagem utilizada por essas pessoas? Esses questionamentos devem ser feitos antes de usar os memes.

Analise o tipo de linguagem do seu público-alvo e se há essa abertura para você explorar momentos mais descontraídos. Se o tom for mais formal e fechado, os memes podem não ser bem aceitos.

2. Analise o perfil da marca

O perfil da marca também deve ser analisado. As empresas que listamos anteriormente, como Netflix, KitKat e Oreo, sempre trabalharam de forma mais descontraída. O tipo de produto ou serviço que oferecem é promovido em cenários de alegria, família e descontração, bem conectado ao que os memes conseguem gerar. Isso mostra que há espaço para usar esse recurso nas estratégias de marketing nas mídias sociais.

O importante é manter um alinhamento com o perfil e a cultura da marca. Se ela utiliza um tom mais formal e de repente começa a postar e compartilhar memes divertidos, o público pode sofrer com a mudança de comportamento, causando problemas nos resultados.

3. Defina a hora certa para usar os memes

Mesmo que a sua empresa seja mais descolada, há momentos certos para usar os memes. Ninguém gostaria, por exemplo, de enviar uma reclamação para uma empresa e receber como resposta um meme, concorda?

Os memes devem ser usados em momentos de mais descontração. Quando há necessidade de mais seriedade, como no atendimento de reclamações, críticas, negociações e outros, a linguagem deve ser mais objetiva e simples.

4. Não foque somente nos memes

Apesar de algumas marcas já terem criado peças publicitárias de sucesso apenas com memes, para você que está começando a explorar os elementos agora, o mais indicado é usá-los apenas complementos.

Para isso, crie conteúdos relevantes e originais, mensagens interessantes, imagens e fotos de ótima qualidade e, para complementar a estratégia, pense em um meme que tenha a ver com o assunto.

5. Acompanhe os resultados

Por fim, não podemos esquecer de sempre acompanhar os resultados. As estratégias de marketing nas mídias sociais devem ser monitoradas quanto aos seus objetivos. Você pode criar ações com foco em gerar conhecimento da marca, atrair leads, gerar vendas, aumentar o engajamento, lançar produtos ou serviços, entre outros alvos. Sendo assim, é interessante que você crie testes para verificar o desempenho das campanhas.

Como exemplo, podemos citar a estratégia de e-mail marketing. Enviar mensagens relevantes para o seu público é muito interessante. Se ao analisar o tipo de linguagem e o perfil da marca você identificou que os memes podem ser explorados, faça testes com e-mails com e sem esse elemento. Compare as taxas de cliques dentro dos e-mails para identificar o comportamento das pessoas.

Nas mídias sociais, esse teste também pode ser colocado em prática. Crie publicações com memes e sem eles. Avalie como foi o alcance e a taxa de engajamento de cada uma das peças.

Como vimos ao longo deste conteúdo, utilizar memes nas campanhas de marketing nas mídias sociais pode ser muito interessante para a sua empresa. Esses elementos geram uma descontração e um momento propício para que a marca se aproxime do público.

No entanto, listamos os principais cuidados e algumas dicas para que você realmente alcance o sucesso. Preste muita atenção em cada colocação para não errar!

Gostou de saber mais sobre a utilização dos memes em marketing nas mídias sociais? Então não perca o embalo e descubra por que algumas pessoas gastam muito com comunicação e não veem bons resultados!

Gostou desse texto?
Compartilhe na rede
Gostou do que viu?
Fale conosco
Redes
Sociais
dê uma espiada!