19 3846.1408

Transformação digital: como as PMEs devem se adaptar a essa realidade?

11/10/2018

Há algumas décadas, as empresas tinham uma certa dificuldade em divulgar a marca e captar clientes. Você deve se lembrar de que as opções eram muito limitadas e não havia um jeito de receber feedback ou medir os resultados com a precisão que temos hoje. Por isso, chegou a hora de batermos um papo sobre transformação digital.

Afinal, o consumidor está conectado 24 horas por dia em casa, no trabalho, na fila de espera do dentista, na praça de alimentação do shopping, em todo lugar. Ignorar as mudanças de comportamento é fechar os olhos para a importância da inovação, concorda?

Nesse sentido, vamos apresentar algumas ações extremamente necessárias para você se adaptar ao novo cenário econômico e fazer o seu negócio prosperar. Continue a leitura!

Antes de tudo, entenda o significado de transformação digital

Trata-se de uma mudança radical na estrutura da empresa, que inclui a utilização de recursos da tecnologia e o preparo da equipe. Os objetivos mais conhecidos são: melhorar o desempenho, otimizar a produtividade, analisar performance, aumentar o alcance da audiência e garantir outros resultados satisfatórios.

No mundo digital, é possível reunir um volume muito grande de dados que servem como fonte de informações relevantes sobre o perfil, as preferências do público-alvo, necessidades, desejos e expectativas. Isso faz com que a empresa consiga melhorar a experiência do consumidor e vender cada vez mais.

Agora que você sabe o que é transformação digital, conheça os meios para promover essa revolução na sua empresa:

Identifique objetivos, pontos fracos e fortes

Muitos projetos de mudança fracassam porque o gestor não tem objetivos definidos ou não conhece as próprias fraquezas e fortalezas. Como elaborar um plano de ação sem essas informações? Leve em consideração que esse procedimento é fundamental para que a organização seja bem-sucedida.

Avalie a sua capacidade de obter dados sobre o perfil do cliente, a eficiência dos processos, a qualidade do atendimento, as vantagens que o concorrente tem sobre a sua empresa, qual o diferencial do seu negócio e outros detalhes.

Ferramentas de planejamento e gestão estratégica, como é o caso da metodologia SWOT (forças, fraquezas, oportunidades e ameaças) são ótimas para ajudar nessa busca por autoconhecimento. Lembre-se de que você precisa perceber o que a empresa é e o quanto falta para chegar ao lugar desejado.

Invista em marketing digital

Ora, se praticamente todo mundo está online, marcar presença na internet não é necessidade, mas uma obrigação de todo empreendedor que deseja se desenvolver, não é mesmo?

O marketing digital oferece inúmeras ferramentas para você ganhar autoridade, fortalecer a marca, fidelizar clientes, conquistar novos compradores, entre outros objetivos. Vamos mencionar alguns exemplos básicos.

O site institucional serve para mostrar que a sua empresa existe na internet. Ele inclui informações relevantes, como endereço, e-mail e outras formas de contato. O blog é mais dinâmico e contém artigos que são produzidos para atender às necessidades da demanda.

Em outras palavras, essa estratégia ajuda as pessoas a aprender mais sobre um assunto. Ao mesmo tempo, faz com que a sua empresa seja encontrada com facilidade nos mecanismos de busca sempre que alguém fizer uma pesquisa relacionada.

Interaja nas redes sociais

O usuário atual dificilmente vai pegar o telefone e fazer uma ligação para a empresa. Ele está com o celular na mão e prefere mandar uma mensagem de texto por meio de um formulário de contato, e-mail, página no Facebook, Instagram, Twitter ou outras redes sociais.

Por isso, amplie os canais de comunicação. Garanta que o pessoal do atendimento seja simpático, prestativo e eficiente na resolução de possíveis problemas.

Adapte-se às novas tecnologias

Além do investimento em marketing digital e da implantação de novos canais digitais, é importante fazer uso de novas tecnologias, como Business Intelligence (coleta de dados), Analytics (análise de dados) e monitoramento do comportamento do usuário.

Para isso, é preciso contar com alguns recursos, como mídias sociais, anúncios pagos, inserção de pixel no site, páginas de captura de e-mail conhecidas como landing pages e outros.

Ofereça capacitação para os colaboradores

A tecnologia exerce um papel essencial na transformação digital. Exemplo disso é a automatização dos processos e a criação de dashboards que permitem o acompanhamento em tempo real das vendas, da taxa de abertura de e-mail marketing, do número de acessos e de outros indicadores.

O treinamento em novos sistemas ou equipamentos deve começar bem antes de tudo funcionar. Por isso, realize capacitação de pessoal sempre que implantar uma novidade. Essa ação também é necessária quando houver mudança de funcionário por motivo de licença ou exoneração. Repita o procedimento para garantir o padrão de atendimento e a qualidade do serviço prestado.

Promova a cultura da inovação na sua empresa

A inovação só permanece em solo fértil quando é cultivada dentro de processos alinhados, focados e contínuos. Ofereça um ambiente agradável aos colaboradores com espaços compatíveis com os momentos de criação e descanso.

Mostre-se aberto a sugestões e facilite a realização de reuniões mensais ou trimestrais para avaliar o desempenho dos projetos, definir novas ideias, avaliar erros e acertos, repassar informações importantes e ouvir a sua equipe.

Essas ações democráticas permitem gerar insights e provocar mudanças positivas para o seu negócio.

Olhe além do horizonte para alcançar a transformação digital

A gestão da mudança é um trabalho de longo prazo. Por isso, é necessário fazer um acompanhamento constante durante o processo. Afinal, falhas podem acontecer e você tem que estar preparado para identificá-las antes que seja tarde.

Dar prioridade ao planejamento logo no início do gerenciamento vai proporcionar mais capacidade para resolver os problemas à medida que surgem. No entanto, mantenha-se informado sobre tendências de mercado, novas ferramentas e conceitos para não ficar parado no tempo, pois, quando menos se espera, o cenário muda.

Como você viu, a transformação digital é uma mudança radical na estrutura da organização cujo objetivo é melhorar o desempenho. O ideal é ter um planejamento de médio e longo prazo, relacionar-se bem com a equipe, treiná-la e monitorar os resultados em tempo real. Dessa forma, é possível conquistar benefícios, como ser referência no mercado, fidelizar clientes, adquirir novos compradores etc.

Então, o que você faz ou pretende fazer para mudar a estrutura da sua organização para melhor? Deixe um comentário!

Gostou desse texto?
Compartilhe na rede
Gostou do que viu?
Fale conosco
Redes
Sociais
dê uma espiada!