19 3846.1408

Descubra se sua estratégia de SEO está alinhada à sua marca

07/05/2014

Quando se fala em SEO, uma maioria acredita que deve trabalhar muito com palavras-chave para ser alvo das pesquisas feitas nos principais buscadores da internet. Bom, acontece que isso já foi verdade um dia, porém não é mais. As palavras-chave ainda desempenham um papel no SEO, porém há coisas mais importantes a se considerar agora.

O Google, que é o principal buscador da web, está sempre atualizando seu algoritmo de pesquisa, que é usado inclusive para rankear os sites nos resultados das buscas. Antes, bastava ter no texto exatamente aquilo que o usuário pesquisou para ocupar os primeiro lugares. Hoje o algoritmo está muito mais complexo e preza principalmente pela relevância, originalidade e qualidade.

Isso mesmo, a busca conta com inteligência artificial e avalia se o conteúdo é de boa qualidade e relevante para o usuário.

Mas para quem tem como objetivo evidenciar sua marca, há ainda outros fatores que necessitam de especial atenção. Podemos destacar sete áreas onde se deve focar para que o SEO trabalhe a favor da empresa: 

1 - Sitelinks

Procure pelo nome da sua marca no Google. Você está em primeiro lugar dos resultados, certo? Não? Então tem algo muito errado. 

Mas considerando que você realmente está no primeiro lugar, abaixo do link da sua página principal, aparecerão alguns sitelinks das principais páginas do seu site, como na imagem a seguir: 

Os sitelinks que aparecem são os que você gostaria que aparecessem? Se são, ótimo. Se não, melhor mexer nas páginas do site, rebaixando os links que você não quer que apareçam. Algum tempo depois o Google colocará novos sitelinks na busca.

2 - Logo Schema

A linguagem Schema pode facilitar o trabalho dos buscadores. Utilize Schema junto a sua logomarca em seu site, para que os buscadores entendam que aquela imagem representa sua empresa.

3 - Tagueando a imagem da marca

Onde quer que você coloque o seu logotipo, seja propaganda ou outra coisa, tenha o cuidado de colocar o nome de sua marca dentro do atributo alt. Isso porque uma pesquisa por imagem retorna resultados universais, mas tudo o que você quer que uma pessoa veja quando pesquisa pela sua marca é apenas a sua marca e não algo contrário a ela ou que venha a denegri-la. No Google, mesmo que a pessoa não esteja fazendo uma pesquisa de imagens, os resultados da web dão uma "prévia" do resultado para imagens. Você deve dominar esta seção.

4 - Google+ e o Mapa do Conhecimento

O Google+ não é um grande sucesso de público. Porém, ele é uma ferramenta importante para dar mais visibilidade nos resultados de pesquisa do Google. 

Tenha uma página da sua empresa no Google+ e linke-a em seu próprio site. Esforce-se para torná-la uma página verificada. Se o Google sincronizar sua marca com sua página, ela aparecerá como informação no mapa do conhecimento (à direita na página) quando alguém fizer uma busca pelo nome da sua empresa, dando mais credibilidade a ela.

5 - Tag do Editor

Além da sincronização entre seu site e o Google+, você pode usar a API da tag do editor do Google no código fonte para estreitar a realação entre as duas páginas.

6 - Gerenciamento de listagem de localização

Quando sua marca for pesquisada, poderá aparecer uma listagem de localização de estabelecimentos da sua empresa mais próximos do usuário. As informações que aparecem são as que você gostaria que aparecessem?

7 - O resto dos resultados

Ademais, preocupe-se em dominar tudo o que pode na internet a respeito da sua marca. Faça perfis em todas as redes sociais possíveis. Faça com as variações mais comuns do seu nome também como por exemplo "@cocacola", "@coca-cola" e "@coca_cola". Com o site KnowEm, você pode colocar um nome de usuário e descobrir em quais redes sociais ele já foi usado e em quais não.

Além disso, trabalhe para que toda a primeira página de resultados da pesquisa Google seja dos seus link. 

Procure no Google as pesquisas relacionadas a sua marca mais populares, utilizando o autocompletar do buscador, como na imagem

Com isso, domine também essas buscas, em seus sites e páginas de redes sociais, fazendo com que sempre haja um resultado positivo para qualquer pesquisa relacionada a sua empresa.

Conclusão

Muito do que foi tratado nesse post é mais sobre organização funcional do que propriamente truques de mágica. Ou seja, é mais uma limpeza. Um trabalho de monitoramento se faz necessário para manter tudo sempre em ordem e para atrair interessados em sua marca, fidelizando o público.

Gostou das nossas dicas? Aplique-as no seu site e veja se você já está dominando as pesquisas!

Gostou desse texto?
Compartilhe na rede
Gostou do que viu?
Fale conosco
Redes
Sociais
dê uma espiada!