Iscas digitais: como elas ajudam a atrair leads qualificados?

Tempo de leitura: 5min 26seg
Iscas digitais: como elas ajudam a atrair leads qualificados?

Atrair as pessoas certas é essencial para qualquer empresa que deseja aumentar as vendas e alcançar mais crescimento. Para isso, existem diversas estratégias de marketing que podem ser aplicadas ao negócio. Hoje, vamos falar de uma delas, as iscas digitais.

Se sua ideia é “pescar” seus potenciais clientes na internet e aproximá-los do seu negócio, essa pode ser uma ferramenta bastante útil. Neste artigo, vamos explicar melhor como ela funciona, quais os principais tipos de iscas e outros detalhes sobre o assunto. Confira.

 

O que são iscas digitais?

As iscas digitais são ferramentas de alto valor utilizadas na estratégia de inbound marketing para "fisgar" o público-alvo e transformá-lo em leads qualificados.

A estratégia consiste em oferecer gratuitamente um conteúdo rico, em troca de alguns dados do usuário. Dessa forma, a empresa obtém informações importantes para evoluir o funil de vendas e começar o trabalho de conversão.

O diferencial das iscas digitais para outros conteúdos de inbound é, justamente, a qualidade do material oferecido. A ideia é que o conteúdo seja mais complexo, educativo e aprofundado, de modo que o usuário enxergue o valor da proposta e entenda que vale a pena realizar um cadastro para obter as informações desejadas.

 

Como as iscas digitais ajudam a atrair leads qualificados?

Atrair pessoas para o seu negócio é o cerne de toda estratégia de conteúdo. A ideia por trás do investimento em inbound é, justamente, captar leads e transformá-los em clientes. Nesse contexto, utilizar as iscas digitais é de grande auxílio, uma vez que elas ajudam a aproximar o lead do seu produto e medir o interesse do público no que você oferece.

Mais do que, simplesmente, atrair público para o negócio, a estratégia de iscas digitais também ajuda você a encontrar leads qualificados, ou seja, aquelas pessoas que realmente estão interessadas no seu mercado.

Isso porque, o conteúdo oferecido é mais aprofundado, e vai gerar interesse, justamente, naquele público que deseja mais informações sobre determinado produto ou serviço, ou seja, os potenciais clientes.

Uma empresa que gera mais leads, garante um maior potencial de vendas. Dessa forma, ao incluir conteúdos ricos em sua estratégia, você aumenta as chances de conversão e, consequentemente, o retorno financeiro. 

 

Sugestão: Marketing digital: aprenda a gerar leads qualificados e potencializar seus resultados

 

Quais os tipos de iscas digitais?

Existem diversos modelos de iscas digitais que podem ser utilizados em sua estratégia de marketing. A escolha do tipo certo vai depender muito do objetivo da estratégia e do modelo de negócio.

Imagine que você trabalha no fornecimento de equipamentos médicos, por exemplo. Nesse caso, oferecer acesso a um webinar ao vivo, mostrando as funcionalidades e diferenciais de cada equipamento, pode ser uma boa estratégia para atrair a atenção de hospitais e clínicas.

Inbound Marketing: atraia visitantes, gere leads e aumente as conversões

Inbound Marketing: atraia visitantes, gere leads e aumente as conversões

A seguir, vamos explicar melhor algumas das principais possibilidades de iscas digitais e suas particularidades.

 

E-books

Provavelmente você já viu esse formato de isca. Ele talvez seja o mais popular nas estratégias de inbound. Tradicionalmente, os e-books são guias, com um conteúdo mais aprofundado em determinado assunto.

Eles vêm para complementar informações disponibilizadas em posts de blog ou nas redes sociais e trazem uma percepção mais técnica e avançada sobre o tema tratado. Para que o usuário consiga baixar o e-book, normalmente, ele precisa preencher um cadastro em uma landing page, fornecendo seu e-mail e outros dados solicitados.

 

Webinars

Os webinars são palestras online em vídeo. Normalmente, elas são feitas ao vivo, o que permite uma maior interação entre o palestrante e os participantes. Nesse modelo, o usuário deve realizar um cadastro, que vai funcionar como uma inscrição para o webinário.

É importante lembrar que os conteúdos em vídeo têm um apelo muito grande na internet e podem ser mais atrativos do que materiais de leitura. Outra vantagem dos webinários é que eles podem ser gravados e utilizados posteriormente em outras estratégias de marketing.

 

Infográficos e checklists

Esses são modelos de iscas mais dinâmicas e práticas, com informações curtas, mas de grande valor. O diferencial desse tipo de material deve ser o apelo estético, por isso, vale a pena contar com o auxílio de um bom designer.

Assim como no caso dos e-books, os infográficos e checklists devem ser entregues ao usuário após o preenchimento de um formulário simples. Na hora de produzir o material, é importante ser conciso nas informações, para tornar a leitura mais leve. 

 

Kits

Criar kits de materiais é uma forma de tornar sua isca muito mais atrativa para os leads, sem precisar de um investimento tão alto. Nesse caso, a estratégia consiste em reunir diversos materiais já lançados sobre determinado tema e entregá-los ao usuário.

O ideal é criar uma coletânea diversa sobre o assunto, com vídeos, textos e materiais de apoio. Mesmo que os conteúdos não sejam inéditos, o fato de estarem todos reunidos e compilados num mesmo lugar, torna a isca mais rica.

 

Sugestão: 10 erros comuns no Inbound Marketing

 

Como distribuir suas iscas digitais?

Depois de definir o tipo de isca que será utilizada, é hora de começar a distribuí-la para captar os leads. Mas como fazer isso? É possível utilizar três principais ferramentas:

 

     Landing Pages: são páginas de captura específicas com uma chamada principal, uma descrição do material que será baixado, um formulário e um botão de ação (Call-to-Action);

●     Pop-ups: são janelas que se abrem no navegador quando o usuário acessa determinada página ou tenta sair do seu site. Elas podem já conter o formulário ou direcionar o usuário para a landing page;

●     Formulários: outra alternativa é inserir o formulário diretamente nas páginas do seu site ou blog.

 

Após preencher o formulário para baixar o material, o lead, normalmente, é direcionado a uma página de agradecimento e inserido no fluxo de nutrição de e-mails. A partir daí, além da isca digital, ele passa a receber, também, outros e-mails que vão direcioná-lo através do funil de vendas até uma possível conversão.

Concluindo, as iscas digitais são ferramentas poderosas para atrair leads qualificados, aumentar a proximidade do lead com o produto ou serviço e garantir um potencial maior de conversão.

Caso você não se sinta preparado para criar conteúdos tão completos e atrativos, é válido contar com o apoio de uma agência de inbound especializada, que vai garantir a qualidade dos materiais.

Agora que você já conhece a estratégia de iscas digitais, avance em sua jornada e conhecimento e confira, também, nosso Guia Completo do Marketing de Conteúdo.

 

Fique por dentro das novidades!
Inscreva-se e receba conteúdo sobre Marketing Digital e Vendas.
A comunicação entre as equipes de marketing e vendas da sua empresa é confusa?
Contratar uma agência de marketing digital ajuda a empresa a esclarecer objetivos, melhorar processos de vendas, qualificar leads e acompanhar resultados para aumentar as vendas.

Outras notícias que
você pode se interessar